sábado, julho 31, 2004

Time for a change

E eis que chego a uma fase em que muita coisa necessita de ser mudada.
Quando caímos, levantamo-nos e aprendemos a não cair daquela forma novamente. Como cantavam os The Who , " we won't get fooled again ".
Com estas quedas aprende-se a não se dar mais do que se recebe. Aprende-se que o mundo não termina aqui e que há uma imensidade de coisas boas à nossa espera. Aprende-se que nada nos parará e quem não tiver pedalada para nos acompanhar terá que ficar para trás. Aprende-se a saber que não merecemos toda a gente, nem toda a gente nos merece.
O mundo não cessa de girar, as pessoas não param de nascer e morrer. Convém viver enquanto se faz parte do mundo dos vivos. E como diziam os Rolling Stones .. " You can't always get what you want ".

Altura para se tomar um novo caminho, uma nova estrada. Aventurarmo-nos no desconhecido. Conhecer e entender melhor o Mundo.

Peace and bliss for everyone.


Ricardo

domingo, julho 25, 2004

As terríveis ansiedades...

E é chegado o momento em que aguardo impacientemente uma resposta da Universidade de Glamorgan em Gales. Entrei ? Não entrei ? Oxalá que sim, sinto que se tivesse que ficar mais um ano em Portimão, onde actualmente resido e viajaria até Nova Iorque só para me mandar do Empire State Building.
 Meus caros, há cidades e cidades. Há pessoas e pessoas. E depois há pessoas que não se adaptam a certas cidades. Ou cidades que são demasiado pequenas para certas pessoas.
 Há certos sítios onde os horizontes estão mortos, ou nunca sequer existiram.

Chegou o momento certo para deixar esta cidade. Para os que não sabem vou para o País de Gales, para Glamorgan , estudar Music Technology.
 E não pretendo voltar. Não vos interessa ? Então também ninguem vos mando vir ao blog.

E agora, repito que só me resta esperar.

Até mais.

terça-feira, julho 20, 2004

Whatever words I say, I will always love you

 
THE CURE - LOVE SONG
 
 
Whenever I'm alone with you
You make me feel like I am home again
Whenever I'm alone with you
You make me feel like I am whole again

Whenever I'm alone with you
You make me feel like I am young again
Whenever I'm alone with you
You make me feel like I am fun again

However far away
I will always love you
However long I stay
I will always love you
Whatever words I say
I will always love you
I will always love you

Whenever I'm alone with you
You make me feel like I am free again
Whenever I'm alone with you
You make me feel like I am clean again

However far away
I will always love you
However long I stay
I will always love you
Whatever words I say
I will always love you
I will always love you




segunda-feira, julho 19, 2004

My weakness is none of your business

 
Embrace - "My weakness is none of your business"
 
Don't wanna let you down
I've been lucky I was lost
Now I'm found
You could be the first in the universe
Who's glad they're watered down
And that's why I get that shallow feeling that you like
I'll never learn that I can't win
 
Don't wanna make a row
You do a nd it's your loss
I'm around
I don't mind doing everything
Hallelujah you're the one come back now
Sometimes I get the shallow feeling that you like
That you're hurt don't change a thing

 
Because my weakness is none of your business
But bad will always collect
To one big melting pot
And all my weakness is none of your business
Somehow it always collects
To one big melting pot
 
This could be our time
This could be our time
This could be our time

sexta-feira, julho 16, 2004

Tudo cancelado

Apesar da notícia ter sido conhecida já há alguns dias,  só hoje tomei a liberdade de comentar este lamentável acontecimento.
Ora a promotora Tournée alega que desde que David Bowie cancelou, a empresa que forneceria  luz e som para o festival quebrou o seu contracto , e alegaram ainda ter tentado encontrar uma alternativa ATÉ no estrangeiro, sem sucesso.
Hmm, é algo susceptível a ser tomado por nós, povo frustrado que tencionava ir ao festival, como uma grande mentira. O que aconteceu meus amigos (sem querer dar ares de Nuno Markl no Homem Da Conspiração) , o que aconteceu foi que desde que o grande David Bowie cancelou o seu concerto, o festival viu-se obrigado a ser realizado para onde originalmente estava previsto, ou seja, no Pavilhão Atlântico, e não no Estádio do Dragão no Porto.
 O que significa que a grande atracção era o David Bowie, e tendo este cancelado, a grande fatia não tinha já interesse no festival; chegou-se a falar uma 1ª vez no possível cancelamento do festival; algumas bandas inclusivé chegaram mesmo a oficializar o cancelamento da sua participação no festival...
 
Tudo isto para dizer que houve uma grande falta de profissionalismo por parte da Tournée, que perde o voto de confiança de muita gente. Concerteza.
 
 

segunda-feira, julho 12, 2004

Comentai nobre povo!

Quero pedir desculpa a todos os que visitaram o blog e não conseguiram comentar os meus posts por não serem membros.. tinha-me esquecido completamente de activar a opcção que permite que todos possam fazer comentários.

Obrigado

A Gerência

domingo, julho 11, 2004

Masters of War

"Masters of War"

Come you masters of war
You that build all the guns
You that build the death planes
You that build the big bombs
You that hide behind walls
You that hide behind desks
I just want you to know
I can see through your masks

You that never done nothin'
But build to destroy
You play with my world
Like it's your little toy
You put a gun in my hand
And you hide from my eyes
And you turn and run farther
When the fast bullets fly

Like Judas of old
You lie and deceive
A world war can be won
You want me to believe
But I see through your eyes
And I see through your brain
Like I see through the water
That runs down my drain

You fasten the triggers
For the others to fire
Then you set back and watch
When the death count gets higher
You hide in your mansion
As young people's blood
Flows out of their bodies
And is buried in the mud

You've thrown the worst fear
That can ever be hurled
Fear to bring children
Into the world
For threatening my baby
Unborn and unnamed
You ain't worth the blood
That runs in your veins

How much do I know
To talk out of turn
You might say that I'm young
You might say I'm unlearned
But there's one thing I know
Though I'm younger than you
Even Jesus would never
Forgive what you do

Let me ask you one question
Is your money that good
Will it buy you forgiveness
Do you think that it could
I think you will find
When your death takes its toll
All the money you made
Will never buy back your soul

And I hope that you die
And your death'll come soon
I will follow your casket
In the pale afternoon
And I'll watch while you're lowered
Down to your deathbed
And I'll stand o'er your grave
'Til I'm sure that you're dead

Bob Dylan

Hail Iggy!


A todos os que vão ver o rei do punk, Mr. Iggy Pop, saúdo-vos. Este velhote e simpático senhor continua na sua interminável luta contra as terríveis e maléficas forças do pseudo-punk ( Blink 182, Sum 41, We suck 173... )


...

( Esqueçamos que no seu último álbum "Skull Ring" , novamente com os Stooges, o Iggy gravou o seu single de estreia com os Sum 41... tenham piedade, o homem tem filhos para criar.. )

Oops..

A todos os que sofrem de osteoporose, lamentem a minha vil e rude brincadeira.

Olá..

Olá a todos os que perderam 5 minutos (ou talvez até menos, não quero pedir muito) do seu precioso e curto tempo para darem uma pequena vista de olhos no meu blog. Relembro que acabaram também de gastar os vossos ossos da mão direita (ou esquerda, caso sejam esquerdinos) com o tempo que levaram a escrever o URL do meu blog na barra de endereços ou talvez menos, o tempo que perderam a clicar no endereço que alguém vos deu. Para todos os efeitos estarão muito possivelmente a contribuir para uma possível e futura osteoporose. Bebam leite sim?

Neste blog terão a oportunidade de ver.... posts.
Esses posts serão muito possivelmente sobre música, cinema e literatura e pouco mais. Talvez um pouco mais.

Neste momento são 3 horas e 11 minutos da manhã e não me apetece escrever mais. Talvez depois de uma boa noite de sono.

Até mais.